UMA EXCURSÃO PELO UNIVERSO DA CANÇÃO CAIPIRA E SUA PERTINÊNCIA À DISCUSSÃO SOBRE LITERATURA, MIDÍAS, MATERIALIDADES

Lucia Teixeira de Siqueira e OLIVEIRA, Leonardo da SILVA

Resumo


Com base na teoria e metodologia da semiótica discursiva em diálogo com outras perspectivas teóricas, tais como a teoria da literatura e estudos de intermidialidade, investigamos aspectos relativos ao processo de constituição e (trans)formação do cancioneiro caipira, no decurso do século XX. Retomamos questões sobre: a) a valoração estética na tensão vocalidade e cultura escrita (ZUMTHOR, 1993, 1997, 2003); b) os espaços e esferas culturais de circulação de textos (LOTMAN, 1996, 1978); c) os movimentos de triagens e misturas (ZILBERBERG, 2004, 2011) envolvidos numa busca do genuíno. Tais questões denunciaram as relações da canção com: a) a literatura (teoria e crítica literária) e a noção de literatura/poesia vocal (ZUMTHOR, 2003); b) as mídias, sob o argumento de que, por um lado, os meios técnicos permitem a complexificação das instâncias enunciativas e mecanismos de interação entre sujeitos, na instauração de um novo aqui/agora simulado, por outro, a canção pode ser entendida como uma mídia híbrida (RAJEWSKY, 2012); c) as materialidades, quer pelo enfraquecimento das fronteiras que delimitam domínios (inter)culturais, genéricos, discursivos e instâncias enunciativas, quer pela reconcepção de suportes, sistemas de referência, formatos diferentes, implicando novos modos de produção/recepção, em termos de experiência estética, ao mexerem com as qualidades materiais da canção.

ABSTRACT

 

Based on the theory and methodology of discursive semiotics in dialogue with other theoretical perspectives such as literature theory and intermidiality studies, for example, we investigated aspects related to the process of constitution and (trans)formation of the countrified songs, during the course of the century XX. We return to questions about: a) the aesthetic valuation in the vocal and writing tension (ZUMTHOR, 1993, 1997, 2003); b) spaces and cultural spheres of circulation of texts (LOTMAN, 1996, 1978); c) the movements of screening and mixtures (ZILBERBERG, 2004, 2011) involved in a search for the genuine countrified songs. These questions denounced the relationship of the song with: a) literature (theory and literary criticism) and the notion of literature/oral poetry (ZUMTHOR, 2003); b) the media, on the one hand, the technical means allow the complexation of enunciative instances and mechanisms of interaction between subjects, in the introduction of a new simulated here/now, on the other, the song can be understood as a hybrid media (RAJEWSKY, 2012); c) materialities, either by the weakening of boundaries that define (inter)cultural, generic, discursive and enunciative domains, or by the reconceptualization of media, reference systems, different formats, implying new ways of production/reception in terms of experience aesthetics, as they tamper with the material qualities of the song.

 

Keywords: Countrified songs. Semiotics of the song. Song and literature. Song and intermidiality. Song and cultural interaction.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

  


CONFIRA O ÍNDICE DE CITAÇÕES AQUI


INDEXADORES:

 

ERIHPLUS

LATINDEX 

REDIB 

PERIÓDICOS DE MINAS 

HEIDI

ESJI

SUMARIOS.ORG

PERIÓDICOS CAPES

LIVRE

SHERPA ROMEO

DIADORIM

BIBLIOTEKSYSTEM UNIVERSITÄT HAMBURG

ICAP

 

BUSCADORES:

MIAR

ELEKTRONIK ZEITSCHRIFT

WORLDCAT

GOOGLE SCHOLAR